sábado, 5 de abril de 2014

Me deixe te amar!





Me deixe te amar

Sem cerimônia
Sem pressa
Sei que queres...confessa!
Ah...preciso te  amar
Sob o céu
Em meio às árvores
Fazer de cada momento uma eternidade
A lua testemunha
O som das ondas a embalar
A dança desse amor
A brisa refrescando o ardor
Permita minha entrega
Nada mais interessa

 
<Império dos Sonhos>


 
 

16 comentários:

  1. Oi Vall! Passando para agradecer a tua honrosa visita e amável comentário, bem como apreciar este teu belo e profundo poema. O amor ainda é um dos maiores fomentos da existência humana.

    Abraços e muita paz para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Furtado, volte aqui sempre que quiseres me honrar com sua presença. Este espaço é nosso!
      Até logo.

      Excluir
  2. A vida é um eterno recomeço,
    uma viagem que se inicia,
    e não devemos perder a esperança
    temos que continuar,
    mostrando a todos a nossa fé,
    e a nossa capacidade de refazer o que se desfez,
    e reconstruir o que se perdeu.
    Muita paz para sua vida.
    Beijos e meu eterno carinho.
    Evanir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Evanir, amei a mensagem...sim a vida recomeça sempre.
      Mil beijos!

      Excluir
  3. Oi Vall,
    Amar desse jeito deve ser muito bom...testemunhas só a natureza.
    Beijinhos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda quero assim, aí posso responder com segurança.
      Até logo!

      Excluir
  4. Ola minha querida, retribuindo sua visita , seu carinho e atenção, sempre presente no meu cantinho.
    “A cada dia a esperança se renova,
    na busca de um amanhecer iluminado
    trazendo novo sorriso .
    Não há escuridão que permaneça
    para sempre, quando existe um
    sonho e uma esperança no amanha”.
    Que sua noite seja tranquila e seu amanhecer abençoado, e que a chama da esperança continue viva em seu coração.
    Abraços da amiga Lourdes Duarte

    ResponderExcluir
  5. Obrigada Lourdes, é sempre muito bom estar no seu cantinho

    ResponderExcluir
  6. Desta vez vim conhecer este seu blog pois creio que não tinha vindo aqui. Amar verdadeiramente significa entrega rendição servir. Vejo que minha amiga é uma romântica. Permita minha entrega nada mais interessa, é muito bonito.
    Bjinhos.
    osbatalhas@gmail.com

    ResponderExcluir
  7. Também é bem vindo aqui, sou mesmo muito romântica. E não podemos fazer uma entrega verdadeira se o outro não permitir.
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Seu blog é um encanto!
    Tudo lindo e de muito bom gosto.
    Se puder dá uma passadinha no meu e segue também se gostar.

    Beijos
    Ani

    HTTP://cristalssp.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Pode deixar menina, vou lá a qualquer momento. Obrigada e sinta-se a vontade
    Até logo!

    ResponderExcluir
  10. Amar sem pressa...
    Talvez a ausência de pressa no amor, seja a virtude maior do amor, aquela da qual todas as outras derivam... É com calma, ou se preferir, com confiança, que se ama bem.
    Abraço! Gostei do teu blog. Voltarei,

    ResponderExcluir
  11. Oi Vall,

    O amor deveria sempre acontecer assim, sem pressa e regado a romantismo.
    Lindo o poema.

    Beijo
    (http:nuvemdeestrelas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vera, fico feliz com sua visita e palavras.
      Bjoca

      Excluir